21 de março de 2018


CNS participa da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho - CANPAT 2018

O assessor de Segurança e Saúde no Trabalho da Confederação Nacional de Saúde, Clovis Queiroz, representou a entidade na reunião preparatória para o lançamento da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho – CANPAT 2018, na segunda-feira, 19 de março, em Brasília. O encontro contou com a presença do ministro interino do Trabalho, Helton Yomura, e demais entidades de representação de empresas e trabalhadores. A ação deste ano terá inicio no dia 3 de abril, com foco no adoecimento ocupacional e quedas no trabalho em altura.

A escolha da data para a realização da CANPAT se deu em alusão ao mês da Segurança e Saúde no Trabalho, especificamente comemorado no dia 28 de abril, e será finalizada em novembro. O ministro destacou em seu discurso, os detalhes da ação que visa informar a população sobre os riscos da falta de segurança. “Durante esse período, a intenção é atuar na publicação e distribuição de materiais sobre trabalho em altura e a NR-35, direcionado a pequenas empresas. Os materiais incluem cartilhas sobre manutenção em fachadas, manual consolidado explicativo sobre a NR-35, guia de procedimentos da Inspeção do Trabalho (Manual de Fiscalização do trabalho em altura), e ainda cartilha sobre adoecimento ocupacional, na busca pela orientação de trabalhadores e empregadores sobre o tema”, enaltece.

O assessor de segurança e saúde no trabalho da CNS, Clovis Queiroz, aproveitou a oportunidade para solicitar ao ministro do trabalho apoio institucional para a liberação de seu corpo técnico, para possibilitar o fomento da CANPAT 2018 e da temática da Segurança e Saúde no Trabalho nas Federações da Saúde do país, tento seu pedido atendido. “Nossa intenção é nos valer do conhecimento do corpo técnico do Ministério do Trabalho para instruir os profissionais da saúde e promover debates necessários, com o intuito de reduzir acidentes do trabalho dentro das Federações de Saúde”, destaca.

A CNS solicitou ainda, que todos os eventos que venham a se realizar na CANPAT 2018 prestigiem a representação tripartite (governo, trabalhadores e empregadores). “Todos têm o que dizer e colaborar com essa questão, uma vez que o Brasil é reconhecido pela Organização Internacional do Trabalho como um dos melhores exemplos mundiais no diálogo social nas questões de Segurança e Saúde no Trabalho” complementa Queiroz.

Como contribuição, a CNS sugeriu ao Ministério do Trabalho que a Campanha Nacional de 2018 tenha quatro marcos ao longo do ano, devendo realizar ações no dia 28 de abril (dia mundial de SST), no dia 27 de julho (dia nacional de SST), no dia 10 de outubro (dia da SST nas escolas) e dia 27 de novembro (Dia do Engenheiro de Segurança e Técnico de Segurança no Trabalho). O Ministro apoiou o posicionamento da CNS e declarou que já era o objetivo da organização da Campanha Nacional realizar várias ações em datas significativas sobre o tema.